26.9.16

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain


24 filmes para 2016Tema: Estrangeiro

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain 
Dirigido por:
  Jean-Pierre Jeunet
Elenco: Audrey Tautou, Mathieu Kassovitz
Duração: 2h02
Gênero: Comédia, Romance
Após deixar a vida de subúrbio que levava com a família, a inocente Amélie (Audrey Tautou) muda-se para o bairro parisiense de Montmartre, onde começa a trabalhar como garçonete. Certo dia encontra uma caixa escondida no banheiro de sua casa e, pensando que pertencesse ao antigo morador, decide procurá-lo ­ e é assim que encontra Dominique (Maurice Bénichou). Ao ver que ele chora de alegria ao reaver o seu objeto, a moça fica impressionada e adquire uma nova visão do mundo. Então, a partir de pequenos gestos, ela passa a ajudar as pessoas que a rodeiam, vendo nisto um novo sentido para sua existência. Contudo, ainda sente falta de um grande amor. [ADOROCINEMA]

Beatriz gosta de ler, de ouvir a trilha sonora de musicais e de assistir filmes fofos que nem esse. ♥

Eu conhecia O Fabuloso Destino de Amélie Poulain de nome e de pôster (porque como evitar esse sorriso da Audrey Tautou?), e acho que foi uma escolha clichê para essa categoria, mas fiquei grata pela oportunidade do desafio, já que nunca tinha assistido esse filme antes.

O jeito que a história é contada – como por exemplo logo no começo, quando apresenta os personagens e diz os gostos e desgostos de cada um – me fisgou e já gostei do filme só por isso. É bem divertido! E eu adorei a Amélie, tanto criança quanto adulta, o jeitinho da personagem é ótimo! Minha parte favorita é quando ela começa a ajudar as pessoas, eu ri demais com os planos dela. 

A fotografia e a trilha sonora são lindas, sem falar no francês dos atores – língua que eu acho linda, apesar de não entender nada. Além de ter um narrador nos contando a história, a personagem quebra a quarta parede em alguns momentos e fala com o espectador, além de olhar para a câmera. Me deu a sensação de que eu estava lá observando tudo, haha.

Só por um momento eu achei que o filme estava se arrastando um pouquinho, mas na verdade acho que era a minha ansiedade por querer ver as coisas já resolvidas – e com isso eu quero dizer o casal junto. O Nino, interesse amoroso da Amélie, me passou tanto aquele sentimento de “a sua loucura combina com a minha” que não tive como não ficar torcendo pelos dois. Me identifiquei muito com um certo personagem nessa hora, e comemorei quando ele fez o que tinha que ser feito!

Gostei muito de O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (que nome grande!) e já ficou na minha listinha de filmes que quero rever. Além disso, fiquei sabendo que vai estrear um musical da Broadway baseado no filme, então mal posso esperar para conferir essa adaptação. Mais do que recomendo!


6 comentários:

  1. Oi Bia! Eu amo demais esse filme! Levei um tempão para vê-lo, e um dia sozinha em casa tive a sorte de encontrá-lo no Telecine Cult. Gosto do jeitinho incrível da história, da fotografia e do sotaque, é claro! Puro charme!
    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, também levei o maior tempo para assistir, só me arrependo de não ter visto antes! Achei muito fofo!
      Beijos!

      Excluir
  2. Ahnn eu gostei muito desse filme, acho que foi o único filme francês que assisti na vida hahaha.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho que é o único filme francês que eu vi, haha. Talvez isso mude se eu achar outros tão fofos como esse.
      Beijos!

      Excluir
  3. Eu amo esse filme. Sempre que fico triste ou desanimada eu assisto novamente.
    Além disso eu fui viajar na semana que assisti e levei um gnomo comigo.. hahaha ... Foi um momento incrivel.
    De franceses eu indico o Escafandro e A Borboleta e Intocáveis... São diferentes desse, mas muito bons tmb.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já vi partes de Intocáveis, achei muito bom e quero um dia assistir tudo, haha. E que legal levar o gnomo, fico pensando nas fotos que dá pra tirar!

      Beijos!

      Excluir