15.9.16

A Noviça Rebelde


24 filmes para 2016Tema: Clássico



A Noviça Rebelde
Dirigido por:
  Robert Wise
Elenco: Julie Andrews, Christopher Plummer
Duração: 2h54
Gênero: Musical, Romance
No final da década de 30, na Áustria, quando o pesadelo nazista estava prestes a se instaurar no país, uma noviça (Julie Andrews) que vive em um convento, mas não consegue seguir as rígidas normas de conduta religiosa, vai trabalhar como governanta na casa do capitão Von Trapp (Christopher Plummer), viúvo que tem sete filhos e os educa como se fizessem parte de um regimento. Sua chegada modifica drasticamente o padrão da família, trazendo alegria novamente ao lar dos Von Trapp. Ela conquista o carinho e o respeito das crianças, mas termina se apaixonando pelo capitão, que está comprometido com uma rica baronesa. [FILMOW]

A Noviça Rebelde é um filme musical de 1965. É um clássico, e apesar de gostar muito do gênero eu nunca tinha o assistido antes.

Logo nos primeiros minutos, quando Julie Andrews, no papel de Maria canta a primeira canção, já me senti familiarizada com o filme. Percebi que conhecia a maioria das músicas e entendi as referências que tinha visto em tantos outros filmes e livros.

The hiiiils are aliveee, with the sound of muuusic…
É preciso certa paciência para assistir o filme, já que ele tem quase três horas de duração, e inclusive um intervalo. A primeira parte é mais divertida, já que vemos as confusões que Maria apronta no convento, e depois com as crianças da família von Trapp, desafiando o Capitão.

A segunda parte é mais séria, já que trata da anexação da Áustria a uma Alemanha nazista e de como a família é afetada por isso.

Achei muito bonita a forma como a Maria consegue mudar a relação do Capitão com os filhos, até me emocionei ao ver que o homem foi amolecendo, haha. E ela consegue isso com a música! Então confesso que esse título em português, A Noviça Rebelde, agora me incomoda um pouco. A música tem um peso muito maior para a história do que as trapalhadas da Maria, o que condiz com o título original The Sound of Music.

É um filme gostoso de assistir, e fiquei com as músicas na cabeça por muito tempo (até fui rever a apresentação linda da Lady Gaga no Oscar). Recomendo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário