5.8.16

Leituras de Julho


Minha expectativa para o mês de férias era diminuir consideravelmente minha lista de leitura. Não deu muito certo. Ainda assim, acho que esse post ficou enoorme, porque eu não sei ser sucinta, né. Mas aí vai o que eu achei dos 2 livros e meio que li em julho.

Azeitona – Bruno Miranda

Em Azeitona, Ian e Emília, colegas de classe, fingem que estão esperando um bebê para poder participar do programa Novos Pais, um reality show que foca em gravidez adolescente. Acontece que eles não estão grávidos – a participação dos dois é totalmente motivada pelo cachê. Ele, quer o dinheiro para ajudar a irmã, sua única família e quem o criou; e ela, quer condições para poder sair da casa dos pais.

Eu adorei a proposta de Azeitona. Qualquer coisa na linha de “Vamos fingir que a gente namora pra…” me atrai, e posso ter visto essa ideia umas mil vezes que eu ainda vou querer ler. Então, amigos fingindo que estão esperando um bebê para entrar num reality show? Automaticamente já estava na minha lista de leitura.

Né, imagina mentir para o país inteiro
que tá grávida...

Acontece que eu demorei só uns dez anos para terminar o livro. Comecei a leitura e aí não rolou aquele “amor” pelos personagens. Não consegui estabelecer uma ligação com eles, porque achei que foi tudo meio superficial. A personalidade dos personagens, seus relacionamentos, e os temas como a gravidez, filhos, namoros – nada disso foi aprofundado e eu fui ficando desinteressada, sim. O relacionamento do Ian com a irmã, Iris, foi o principal do livro e o mais desenvolvido, porém senti muita falta de um diálogo melhor entre os protagonistas.

Mas a parte do Ian e da Emília participando do Novos Pais foi divertida, o total despreparo dos dois diante da situação só refletia o quanto eles não deviam estar fazendo aquilo – e nessas horas eu até que pegava um pouco do nervosismo deles, imagina se a mentira fosse descoberta – e ainda rendia algumas situações engraçadas.

Lá pro final acontece um monte de coisa e é tudo muito rápido, deixando várias pontas soltas. Não me convenceu e eu fiquei com a sensação de que poderia ter sido trabalhado melhor.

Esse é o tipo de livro que me faz querer que o Skoob coloque um sistema de nota que permita dar meia estrela, porque Azeitona pra mim é um livro 2,5. É interessante, é engraçado, e ganha uns pontinhos por todo o tema nas relações familiares, mas eu acho que mais conteúdo poderia ter sido acrescentado.

 

O Pedido – A Mediadora – Meg Cabot

A Mediadora é uma das minhas séries favoritas, uma das responsáveis pelo meu amor pela leitura. Então recebi a notícia de que a Meg ia lançar mais um livro com felicidade (e um pouco de apreensão, pra ser sincera). Antes do sétimo livro, o conto O Pedido foi disponibilizado.

Li o último livro em 2009, então foi bom voltar a ler sobre a Suzannah e o Jesse! E pra quem não sabe, a Suze é uma mediadora, capaz de ver e tocar em fantasmas. Mas não precisa se preocupar, porque a autora explica tudo isso de novo, assim como o relacionamento dela com o Jesse. Acredito que seja pra lembrar os esquecidos e/ou para conquistar novos leitores, então não me incomodei com a repetição de todas as informações que eu já sabia. E fazer isso no conto é ótimo, porque aí no próximo livro não é necessário por tudo de novo.

O caso aqui é curto: um fantasma que “assombra” o túmulo da namorada que ele supostamente matou… Então a Suze vai atrás dele, para convencê-lo a fazer a passagem. Tudo estaria quase certo se não fosse bem no Dia dos Namorados, o qual ela está passando longe de Jesse. E claro que, depois o título faz todo o sentido. :)

Eu gostei bastante e li bem rapidinho. A Suze foi uma das personagens favoritas da minha infância, então adorei poder acompanhá-la agora que estamos ambas mais velhas. Ficaram algumas pontinhas soltas para o próximo livro e eu estou mais ansiosa do que nunca para lê-lo!

 

Para Todos os Garotos que Já Amei – Jenny Han

Eu já tinha visto esse livro várias vezes mas não peguei a sinopse completa, achava que era só sobre o “vazamento” das cartas que a Lara Jean escrevia para os garotos de quem ela já tinha gostado, e isso não tinha me interessado muito. Até que um dia eu li a sinopse toda…

Órfã de mãe, a Lara Jean é a irmã do meio, e agora Margot, a irmã mais velha, que sempre cuidou de tudo está se mudando para fazer faculdade. Então além de ter que lidar com as novas responsabilidades com o pai e a irmã mais nova, ela ainda tem que enfrentar todos os crushes sabendo de seus sentimentos. E o pior é que um deles é Josh, o ex de Margot. Então ela finge que está namorando o Peter – um dos garotos que também recebeu uma carta – num acordo que beneficiam ambos. Recapitulando uma parte de Azeitona ali em cima: Tudo com namoro falso me atrai!

Adorei o livro! Vemos bastante sobre a família da Lara Jean, e ultimamente todo YA que ganha o meu coração fala de família. A mãe das meninas era coreana, então também tinha um pézinho ali numa cultura diferente que as meninas procuravam manter (assim como a autora, eu presumo). Me identifiquei um pouco com a protagonista, não na situação, mas no jeito dela pensar e agir. Ela consegue ser ingênua sem ser irritante. E eu gostei muito dos outros personagens, até quando começou a virar um triângulo amoroso, mesmo eu tendo torcido muito por um dos meninos (o Peter ♥) ainda gostava do outro.

Já estou com a continuação aqui, porque o final em aberto me deixou louca para ler P.S.: Ainda Amo Você.

 

Como foram as leituras de vocês? Já leram ou querem ler algum desses livros? :)

6 comentários:

  1. Adoro esses namoros falsos também hahaha, eu quero muito ler o Para Todos os Garotos que Já Amei da Jenny Han.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo esses namoros falsos, nem nego hahaha E lê sim, não esperava gostar tanto quanto eu gostei.

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi, Beatriz!
    Eu ainda não li nenhum desses livros, mas já vi algumas pessoas comentando sobre Azeitona, do Bruno e Para Todos Os Garotos Que Já Amei. E os dois parecem bons, mas vai saber, hahahaha.

    Beijos || Quebrar o Silêncio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei bastante de Para Todos Os Garotos Que Já Amei. Azeitona é legal, ainda que não tenha sido aquele amor, haha. Recomendo!

      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, Bea.
    Eu amo a Jenny Han e espero ansiosamente o terceiro volume dessa série sobre a Lara Jean. Os livros dela são um amorzinho! Eu quero muito ler Azeitona, já vi diversas resenhas super positivas. Meu problema é quase o mesmo que eu seu - quando começo uma obra, se não consigo ter química com os personagens, eu dificilmente consigo terminar a leitura.
    Beijo, http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha só, nem sabia que ia ter um terceiro! E vi que as resenhas sobre Azeitona estão sendo super positivas mesmo, e o livro não é ruim, eu só não consegui gostar mesmo. :(

      Beijos!

      Excluir