15.3.16

Brooklyn


24 filmes para 2016Tema: Imigração

Brooklyn


Brooklyn 
Dirigido por:
John Crowley
Elenco: Saoirse Ronan, Domhnall Gleeson, Emory Cohen 
Duração: 1h53
Gênero: Drama, Romance

Eilis (Saoirse Ronan), uma jovem mulher, se muda de uma pequena cidade da Irlanda para o Brooklyn, em Nova York, lugar no qual ela se esforça para construir uma nova vida, encontrar trabalho e seu primeiro amor no processo. Quando uma tragédia familiar a leva de volta à Irlanda, ela vive um dilema terrível - uma escolha de partir o coração entre dois homens e dois países. [FILMOW]

Acho que esse foi o filme mais fofo que vi dessa temporada do Oscar e ainda assim eu me emocionei e quase chorei em algumas cenas.

O começo é bem difícil para Eilis. Sem muita perspectiva na Irlanda, com a ajuda da irmã e de um padre, ela se muda para Brooklyn, em Nova York, onde terá melhores oportunidades.

Acredito que quem já passou por isso consiga se identificar bem nessa parte. É se sentir perdido em meio a uma cultura nova, com pessoas de costumes diferentes, tentando lidar com a saudade da família, da sua cidade, e a vontade de chorar que parece ser enorme. A Eilis representa muito bem todos esses sentimentos.

As coisas mudam quando ela conhece Tony, um jovem italiano, que a faz se sentir melhor em Nova York. Ela frisa que lembra da família na Irlanda todos os dias, mas Tony melhora tanto seu humor que todos percebem. Essa é realmente a parte fofinha da história. ♥ Mas como ainda só é a metade do filme, já é fácil prever que essa situação não vai durar e ela tem que voltar para sua terra natal. É aí que o conflito é gerado. 

Ao voltar pra Irlanda, Eilis está mudada. É fácil de perceber em sua personalidade, em seu estilo de se vestir. Achei que a Saoirse Ronan (uma linda!) soube representar muito bem a Eilis ingênua e tímida do começo e essa pós-Brooklyn, mais madura e experiente. A Irlanda que ela encontra ao voltar também já não é mais a mesma, e as oportunidades que ela teve de ir procurar em outro país agora se apresentam em casa. Além, é claro, das afeições de um certo Jim Farrell. Então é nesse momento em que ela tem que escolher entre o Brooklyn e sua cidade na Irlanda.

Eu fiquei tentando me colocar no lugar da Eilis, e no final acabei agradecida por não ter que fazer uma escolha dessas – eu, que não consegui nem escolher pra quem torcer nesse breve triângulo amoroso. Acho que o que melhor resume a história toda é aquela frase que diz que o lar é onde mora o coração.

Pra ir encerrando esse post… Tinha visto dois filmes com a Saoirse antes, mas ela me encantou em Brooklyn, vou ficar de olho nos próximos trabalhos dela! E esse é mais um filme com o Domhnall Gleeson! O cara fez quatro filmes (Star Wars, Ex Machina, O Regresso e Brooklyn) ano passado e todos receberam indicação em alguma categoria do Oscar. Tendo visto os quatro, estou com a sensação de que ele está em todo filme, haha. Mas gostei muito dos personagens que ele fez, inclusive aqui em que aparece pouco, e já estou indo pegar minha carteirinha de fã. :)

Enfim, Brooklyn é muito bonito (fiquei admirando as cores e o figurino), um filme leve e acho que mais gente devia assistir!

6 comentários:

  1. Assisti a esse filme e achei lindo, até chorei junto com ela quando chegou nos EUA, parecia tudo tão difícil, longe da família e a comunicação era complicada. Mas a evolução da personagem é visível. A Saiorse arrasou no papel.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quase chorei, ficava me imaginando no lugar dela!
      Beijos!

      Excluir
  2. Parece ser um filme lindo! Minha lista de filmes não visto só é mais longa que os de livros não lidos, hahahaha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo, porque comigo é bem assim também, haha. Uma hora eu vejo todos!

      Beijos!

      Excluir
  3. Brooklyn está na minha listinha, e depois da sua resenha fiquei ainda mais empolgada! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um filme fofo, espero que você goste!
      Beijos!

      Excluir