29.12.15

O Lobo Atrás da Porta


  24 filmes para 2015Tema: Cinema Brasileiro

O Lobo Atrás da Porta
Numa delegacia, um homem (Milhem Cortaz), sua mulher (Fabíula Nascimento) e a amante dele (Leandra Leal) são interrogados. Arrancados pacientemente pelo detetive (Juliano Cazarré), um após o outro, seus depoimentos vão tecendo uma trama de amor passional, obsessão e mentiras que levará a um final completamente inesperado.
Primeira coisa que devo dizer desse filme é que adorei os planos utilizados. Essa coisa de esconder o personagem, ou mostrá-los muito de pertinho… Acho que contribuiu para o suspense.

Sei que o filme foi baseado numa história real – aparentemente fizeram até Linha Direta do caso, mas eu não o conhecia, então para mim foi tudo surpresa.

Não é uma história leve, já que se trata de um crime – o desaparecimento da filha do casal. E o que provocou tudo foi esse caso extraconjugal de Bernardo com Rosa. Bernardo, que foi por mim o personagem mais odiado nesse filme inteiro, fiquei com um nojo dele – ainda que ele não tenha sido o único culpado.

Achei que tem momentos que o filme se arrasta um pouco, poderia ser menor, mas isso não fez com que eu perdesse o interesse, já que eu queria saber como que o “mistério” era resolvido. E o final me surpreendeu – e me chocou – um pouco também.

Gostei das atuações – gostei do Juliano Cazarré, ainda que em um papel pequeno, já que confesso que estava acostumada com ele dos papéis cômicos nas novelas. Leandra Leal também estava muito bem na pele da Rosa.

Recomendo pra quem quiser fugir das comédias nacionais, mas que não se importa com um roteiro com essa pegada Linha Direta, porque pode ser um pouco perturbador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário